fbpx

Akon já levou energia solar a milhares de africanos

Akon

Em entrevista à VladTV, o cantor senegalês-americano Akon revelou que já garantiu, através de paineis solares, energia a milhares de africanos.

O avanço acontece através do empréstimo no valor 5 bilhões de dolares, recebido da China e que foi investido em energia solar e pequenos sistemas de energia em países que compõe o continente africano.

De nome verdadeiro Aliaune Thiam, como nacionalidade dividida entre Senegal e Estados Unidos de America,  cresceu numa cidade rural do Senegal e passou grande parte da sua infância sem electricidade. 

Assim, enfrentou na primeira pessoa os desafios de viver fora da rede, desde oportunidades limitadas de educação e carreira até preocupações com a saúde e a qualidade de vida. 

Foi assim, que em 2014, alinhado aos sonhos de mudar África, lançou “Akon Lighting Africa” para ajudar os africanos a aceder a energia sustentável e de baixo custo através da energia solar. 

“Temos o Sol e tecnologias inovadoras para levar a electricidade às casas e às comunidades. Agora precisamos de consolidar os conhecimentos africanos.”

Afirmou à Reuters na altura.

Leia também:

O cantor também tem nos planos, construir uma cidade futurista no Senegal, chamada Akon City, alimentada inteiramente por energia sustentável. 

A cidade, que terá tudo, desde casas a hotéis, escolas e até um aeroporto, incorporará os princípios do desenvolvimento sustentável e do design futurista. 

O projecto Akon Lighting Africa dedica-se a melhorar a vida na África subsariana através de parcerias com governos locais, empresas e organizações sem fins lucrativos para levar sistemas de energia solar acessíveis a famílias, hospitais e escolas. 

Com 70% da população da África Subsariana a ter menos de 30 anos, a criação de empregos sustentáveis é crucial em muitas comunidades. 

Para tal, em 2015, o projecto lançou a Academia Solar em Bamako, a capital do Mali, onde jovens de toda a África recebem formação para se tornarem profissionais qualificados no sector da energia solar com acesso às competências para construir e manter equipamento de energia solar.

O projecto está a levar electricidade a África, trabalhando com fabricantes chineses de produtos movidos a energia solar para fornecer energia solar a preços acessíveis a mais africanos. 

A ideia é vista como um excelente exemplo da utilização de recursos renováveis para criar benefícios sustentáveis.

Fonte Brazil Urgente  Borgen Project

Revista Kabum Digital Banner
Artigos relacionados

Subscreva-se à nossa newsletter. Fique por dentro da tecnologia!

Total
0
Share