fbpx

Bancos introduzem tecnologia sem contacto aos cartões

Contactless

No caminho pela modernização do sistema bancário moçambicano, os bancos nacionais ligados à Associação Moçambicana de Bancos (AMB) estão a introduzir nova tecnologia aos seus cartões de crédito designada Contactless (sem contacto, em português). 

A inovação está ajustada a melhorar a experiência do público moçambicano no uso dos serviços bancários como ATMs e os terminais POS.

O programa, de acordo com um artigo do Further África, pretende proporcionar mais segurança às transferências electrónicas e oferecer aos utilizadores tecnologia moderna e inovadora no sistema financeiro moçambicano.

Na sua essência, cartões com o recurso “Contactless” permitem a leitura por aproximação, fazer pagamentos sem ter de introduzir o PIN, sendo que para o efeito, basta aproximar o cartão (a menos de 4 centímetros de distância) de um ATM (Terminal de Pagamento Automático, tradução da sigla para português) ou POS para receber pagamentos contactless.

A tecnologia Contactless pode também ser disponibilizada através do telemóvel, relógios ou pulseiras.

De acordo com o comunicado da AMB citada pelo Diário Económico, “este passo significativo envolve a introdução da tecnologia sem contacto nos cartões bancários e POS, bem como a renovação das máquinas ATM e a inclusão de novas funcionalidades na conta móvel e no canal móvel”.

Uma vez que o procedimento está a colocar dificuldades aos clientes dos bancos em todo o país, devido à lentidão do serviço e às longas filas na troca do cartão antigo para o novo, a AMB apela à sociedade em geral para que preste atenção às informações fornecidas nos comunicados de imprensa, e possa ter calma. 

Leia também:

“Para levantarem os seus novos cartões de crédito sem contacto nas suas agências, aconselhamos os clientes a prestarem atenção às notificações feitas pelos seus bancos”, e no mesmo sentido salienta-se este projecto, envolve um número considerável de cartões, e está a ser implementado em todo o país sem qualquer custo adicional para os utilizadores.

Algumas das dificuldades que se podem verificar durante o processo estão relacionadas com restrições temporárias nos serviços oferecidos pelos bancos durante. No entanto, à medida que a nova solução é implementada,  a maioria dos procedimentos já estão disponíveis, e novos serviços serão acrescentados ao longo do tempo.

A AMB afirma que os pagamentos sem contacto estão também a ser apoiados por terminais de pagamento actualizados. “Este processo foi concebido para evitar alterações de custos para os clientes, incluindo os comerciantes”

Na lista das dificuldades que se tem verificado no processo, estão as falhas constantes do sistema que se caracterizam pela dificuldades ao público para o levantamento de dinheiro através dos ATMs, como também o não funcionamento do sistema da carteira móvel Ponto 24 (Conta Móvel).

A inoperacionalidade do sistema para a conta móvel, trouxe consigo vários rumores que assumiram que a carteira móvel, inovação de dinheiro móvel que liga os bancos, seria descontinuado.

Conta Móvel continuará a funcionar

Segundo o anúncio do banco FNB Moçambique, o serviço continuará a funcionar e com o novo processo contará com novas funcionalidades e mudanças na sua utilização. Faz-se saber que, primeiramente, o código *124* para aceder ao serviço será substituído pelo *134*.

Com a nova era, o serviço vai permitir a transferência do valor para outras carteiras móveis, neste caso M-Pesa, Mkesh, E-Mola que segundo o banco “tornarão as transações mais simples e eficientes”.

Uma grande preocupação do público foi a questão do valor presente nas suas contas, da mudança do código USSD para o acesso, o saldo disponível manter-se-á na conta do cliente.


Fonte Diário Económico

Revista Kabum Digital Banner
Artigos relacionados

Subscreva-se à nossa newsletter. Fique por dentro da tecnologia!

Total
0
Share