fbpx

Como Dubai usa drones para criar chuva artificial?

Dubai
Drone em Dubai

Numa acção destinada a reduzir a dependência dos elevados custos em instalações de dessalinização da água e baixar as altas temperaturas, os Emirados Árabes Unidos (EAU), concretamente em Dubai, capital do país, tem recorrido a drones para criação de chuvas e aliviar as altas temperaturas.

A chuva melhorada é criada utilizando a tecnologia de drones conhecida como sementeira de nuvens.  Esta tecnologia gera cargas eléctricas que levam as nuvens a aglutinar-se e a produzirem água. 

No processo, entra a adição de determinadas substâncias ou produtos químicos, como o iodeto de prata, às nuvens existentes que podem induzir chuva ou neve. As partículas atraem o vapor de água no ar, levando à formação de nuvens cumulonimbus e, finalmente, de chuva. 

Em geral, é preciso meia hora para produzir chuva por este método. O tempo necessário para gerar chuva depende da parte da nuvem em que os produtos químicos estão a ser injectados. 

De acordo com os especialistas, a tecnologia tem como objetivo criar chuva de forma mais eficiente dentro das nuvens e, nesse processo, desencadeia a queda de mais água. Este método também ajuda a aliviar o problema da água que tem em Dubai.

Os cientistas criaram as tempestades utilizando drones, que atingiram as nuvens com eletricidade, criando grandes gotas de chuva. As gotas de chuva maiores são essenciais no país, uma vez que as gotas mais pequenas evaporam frequentemente antes de chegarem ao solo. 

A ideia que consiste em semear as nuvens existe desde 1923 e tem sido utilizada por países para aliviar a poluição atmosférica e fazer crescer neve no cimo das montanhas.

Outras notícias:


Desde a introdução da nova tecnologia, o governo espera que o uso regular de zapping nas nuvens para gerar chuva ajuda a aliviar algumas das ondas de calor anuais da nação desértica.

De acordo com as projecções dos investigadores do Instituto Max Planck, até 2050, as temperaturas de verão em algumas regiões do Médio Oriente e do Norte de África manter-se-ão acima dos 30ºC durante o período noturno e subirão até aos 46ºC nas estações mais quentes. A precipitação média nos EAU é também inferior a 10 centímetros por ano.

Ao longo dos anos, os Emirados Árabes Unidos investiram mais de 15 milhões de dólares em 9 “projectos de melhoramento da chuva”, os primeiros 8 dos quais utilizaram métodos tradicionais de sementeira de nuvens. Porém, a introdução de drones para semear a chuva, é uma nova abordagem diferente na sua busca pela segurança da água. 

Os Emirados Árabes Unidos são um dos primeiros países da região do Golfo a usar a tecnologia de semeadura de nuvens, informou o Centro Nacional de Meteorologia. Uma versão do conceito é usada em pelo menos oito estados nos EUA.

Revista Kabum Digital Banner
Artigos relacionados

Subscreva-se à nossa newsletter. Fique por dentro da tecnologia!

Total
0
Share