fbpx

Empresa de moedas digitais fracassa na Nigéria

Empresa

Depois de anunciar demissões em novembro de 2022, a empresa nigeriana de pagamentos em criptomoedas Lazerpay anunciou em Abril o fim das suas actividades.  

De acordo com o fundador e CEO, Emmanuel Njoku, a decisão de encerrar a startup foi necessária motivado por dificuldades financeiras. 

“A empresa tem lutado para se manter operando depois de não conseguir garantir financiamento. Apesar de seus esforços para permanecer em actividade, agora chegaram a um ponto em que precisam fechar definitivamente.”

Revelou o fundador em publicação no Twitter.

Njoku lançou o Lazerpay como um adolescente em 2021 para impulsionar a adoção de criptografia globalmente. A empresa ajuda as empresas a aceitar pagamentos de stablecoin de clientes em todo o mundo.

A notícia chegou após demissões no ano passado, 2022, em resultado, segundo fonte próxima do assunto, citada pelo portal Tech Cabal, o fundador rejeitar uma oferta de aquisição desfavorável de um investidor existente. 

Os clientes da Lazerpay foram aconselhados a retirar seus fundos da plataforma usando opções bancárias ou criptográficas de pagamento. Oficialmente, as operações da startup encerraram a 30 de Abril. 

No anúncio de encerramento, a startup informou que permitiu que mais de 3000 comerciantes realizassem pagamentos e recebessem dinheiro em moedas como Naira, cedis, xelins quenianos, xelins ruandeses, dólares americanos e Dirham dos Emirados Árabes Unidos.

A Lazerpay estava em uma missão para promover a inclusão financeira e a interoperabilidade em África e está aberta a continuar essa missão, vendendo a propriedade intelectual da Lazerpay para qualquer pessoa interessada em usá-la para construir o futuro dos pagamentos criptográficos.

Fundada em 2021, a startup desenvolveu uma plataforma que permitiu integrar pagamentos criptográficos em suas plataformas, permitindo que os comerciantes aceitassem pagamentos em criptomoedas. 

Durante a sua existência atenderam mais de 3000 empresas e recebeu apoio anteriormente de investidores como Shola Akinlade, da Paystack, Nuwa Capital, Voltron Capital e Nestcoin.

Fonte Tech Point

Revista Kabum Digital Banner
Artigos relacionados

Subscreva-se à nossa newsletter. Fique por dentro da tecnologia!

Total
0
Share