fbpx

Huawei abandona Android e lança novo sistema operacional

Huawei
HarmonyOS, sistema operativo

A Huawei anunciou o lançamento da nova versão do seu sistema operativo, HarmonyOS Next, que abandona completamente as aplicações Android.

O anúncio acontece numa altura em que a marca aproxima-se ao número impressionante de um bilhão de dispositivos móveis em circulação.

A versão do sistema sem código Android foi anunciada pelo fabricante chinês, e é um novo passo no sentido de se tornar cada vez mais independente. 

De acordo com o Gizmochina, a Huawei construiu o HarmonyOS Next inteiramente em torno do seu próprio Kernel Hongmeng, núcleo do sistema operacional HarmonyOS, criado com o objectivo de ser utilizado em uma ampla variedade de dispositivos, incluindo smartphones, tablets, e dispositivos da Internet das Coisas (IoT).

A nova versão totalmente deve trazer melhorias de desempenho de até 30 % e consumir 20 % menos energia, segundo a Huawei, e apresenta uma nova era de independência.

A mudança faz parte da estratégia da Huawei para criar um ambiente de software auto suficiente que possa competir directamente com o Android e o iOS​​.

O abandono do Android é em resultado das sanções impostas pelo governo dos EUA, a Huawei perdeu o acesso à versão totalmente licenciada do Android desenvolvida pela Google, e nesse sentido começou a desenvolver o HarmonyOS, que ainda incluía componentes de código aberto do sistema operativo da Google.

Outras notícias:


Harmony OS, lançado em 2021, era suposto ser um grande passo para a independência da Google, mas acabou por se revelar, em grande medida, um produto derivado do Android e também utilizava os programas internos do sistema da Google.

Com a nova versão, a Huawei despede-se completamente de qualquer rastro de Android, o que significa que os aplicativos Android não serão mais compatíveis com os futuros telefones Huawei. 

Até agora, as aplicações Android podiam ser transferidas por sideload para os telemóveis Huawei em vários casos e com o HarmonyOS Next, os aplicativos devem ser desenvolvidos directamente para o HarmonyOS e disponibilizados na Huawei App Gallery (“Play Store” do sistema).

Para além do novo sistema, os telemóveis contarão com o Harmony Intelligence, uma solução de inteligência artificial que se destina a oferecer interações mais inteligentes e intuitivas ao utilizador. As suas funções incluem o reconhecimento de imagens e o apoio a pessoas com deficiência.

Na mudança de sistema, segundo Richard Yu, Presidente da Huawei para o sector do consumo, cerca de 900 milhões de dispositivos de consumo activos utilizam o seu HarmonyOS, um aumento significativo desde o seu lançamento.

A Huawei é a primeira e maior fabricante de smartphones do mundo a deixar o sistema Android. Análises apontam para um possível efeito em que  outros fabricantes possam debater a sua utilização do Android.

Fonte Heise Telecoms Tech News 

Kabum_Digital_-_Revista_banner_para_o_site
Artigos relacionados

Subscreva-se à nossa newsletter. Fique por dentro da tecnologia!

Total
0
Share