fbpx

Instagram testa funcionalidade que não permitirá pular publicidades

Instagram
Telemóvel no Instagram

A funcionalidade de publicidade poderá não permitir que o usuário continue a ver conteúdos do seu interesse até que o anúncio termine.

O Instagram está a testar uma funcionalidade que poderá obrigar os utilizadores a observar uma “pausa para anúncios” que não podem ser ignorados até ao fim das suas durações, antes de poderem continuar a assistir ou ver conteúdos presentes na aplicação.  

Mattew Tye, porta-voz do Instagram, confirmou ao site The Verge que as pausas para anúncios estão a ser testadas e que poderá dar mais actualizações caso este teste resulte em alterações formais na aplicação.

A funcionalidade poderá estar representada através de um ícone de “pausa para anúncios” com um temporizador de contagem decrescente que mostra quanto tempo falta para começar a percorrer novamente ou o fim da própria publicidade. 

Àqueles que a funcionalidade já é apresentada, quando o utilizador toca no ícone para obter mais informações, a rede social informa que “os intervalos de anúncios são uma nova forma de ver anúncios no Instagram. Por vezes, poderá ter de ver um anúncio antes de poder continuar a navegar.”

Os intervalos publicitários juntar-se-iam aos anúncios e publicações patrocinadas que já existem no feed, nos reels e nos stories do Instagram. 

O Instagram já exibe postagens patrocinadas e anúncios entre o conteúdo que é apresentado aos utilizadores no seu feed ou no Reels, no entanto, a colocação de conteúdo não pulável entre as publicações leva isto a outro nível. 

“Estamos sempre a testar formatos que possam gerar valor para os anunciantes”,

afirma Tye.

Outras notícias:


Com isto, Instagram segue os passos do YouTube que também mostra anúncios que não podem ser ignorados antes e durante os vídeos. No ano passado, até expandiu os anúncios publicitários de 30 segundos para a sua aplicação de TV. 

Tanto o YouTube, Instagram, como o TikTok também colocam anúncios entre os seus vídeos curtos, mas é possível passar por eles.

Neste ano, o Instagram tem vindo a introduzir novas soluções na aplicação, como Reveals, e atribuição de maior destaque a Reels e recomendações em vez de postagens regulares de fotos para manter o público mais jovem interessado em responder à sua competição com o TikTok. 

O Meta, empresa responsável pela aplicação está também de olho no avanço da Inteligência Artificial, tanto que integrou elementos para permitir que as pessoas optem por não permitir que as suas publicações sejam utilizadas para treinar a IA, como também a marcação de conteúdo que é criado com base na Inteligência Artificial Generativa.

A Inteligência Artificial Generativa (IAG) é focado na criação de conteúdo novo e original usando algoritmos e modelos de aprendizado de máquina. 

A aplicação também revelou que dará destaque a conteúdos originais e o aumento da distribuição para contas mais pequenas, com as contas que partilham conteúdos a serem removidos das recomendações do Instagram, numa ação que visa aumentar o conteúdo original dos utilizadores.

Fonte The Verge CNET

Revista Kabum Digital Banner
Artigos relacionados

Subscreva-se à nossa newsletter. Fique por dentro da tecnologia!

Total
0
Share