fbpx

Inteligência Artificial pode tornar-se maior que a internet

Sundar Pichai

Após ter assumido que a inteligência artificial será mais importante que a electricidade e o fogo, Sundar Pichai, CEO da Google, revelou que esta nova realidade (Inteligência Artificial), que a cada dia ganha mais destaque nas actividades humanas, pode também ser mais importante que a internet.

Superar a internet, significa superar uma rede global de computadores interconectados que permite a troca de informações e comunicação entre utilizadores em diferentes partes do mundo. 

Inteligência Artificial (IA) trata-se da capacidade de um sistema computacional de realizar tarefas que normalmente exigiria inteligência humana. O que envolve a capacidade de aprender, raciocinar, perceber, entender linguagem natural e tomar decisões.

Para Sundar Pichai a Inteligência Artificial representa uma “reconfiguração fundamental da tecnologia e um acelerador incrível do talento humano”.

Numa publicação no seu blogue, considerou que a inteligência artificial (IA) será a mudança tecnológica mais significativa a que assistiremos durante as nossas vidas. Afirmou que a IA ultrapassa a passagem da computação de secretária para a computação móvel e poderá ser mais significativa do que a própria Internet. Além disso, a IA reestrutura a tecnologia de forma fundamental e irá ampliar a criatividade humana, acelerando o progresso.

“A IA será a maior mudança tecnológica que veremos nas nossas vidas. É maior do que a mudança da computação desktop para a móvel e pode ser maior do que a própria Internet.”

Sundar Pichai

Sundar ainda assume, citado pela Forbes, em carta escrita em comemoração ao 25º aniversário do Google, que a empresa foi uma das primeiras a investir na Inteligência Artificial, pela utilização do aprendizado de máquina em seus produtos.

“Tornar a IA mais útil para todos e implementá-la de forma responsável é a forma mais importante de cumprirmos a nossa missão nos próximos 10 anos e mais além.”

acrescentou Pichai em realce para a meta da Google.

Leia também: 


O CEO afirma ainda que a Inteligência Artificial (IA) permitirá à Google resolver problemas como a disponibilização de professores para cada aluno em qualquer disciplina, o desenvolvimento de novos tipos de energia renovável, o apoio a empresários na criação de novas empresas e a previsão de catástrofes naturais. 

Assiste-se, desde o início de 2023, a corrida por parte das grandes empresas de tecnologia, o domínio da Inteligência Artificial, porém, o destaque continua para a OpenAI, empresa que criou o ChatGPT, uma solução capaz de entender e responder às dúvidas dos utilizadores com linguagem textual natural.

Para também marcar o seu espaço, a Google apresentou o Bard que, à semelhança do ChatGPT, responde a perguntas dos utilizadores e cria conteúdo com base em um enorme conjunto de dados de texto e código. 

Anteriormente, Sundar Pichai havia referenciado que a Inteligência Artificial será mais importante que o fogo e electricidade. Para o líder, isso é uma questão de tempo, considerando que é a IA uma das coisas mais importantes em que a humanidade está a trabalhar. 

Google tem desempenhado um papel central no funcionamento da web (internet) desde que seus cofundadores Larry Page e Sergey Brin decidiram organizar as informações do mundo de uma forma que as tornasse globalmente acessíveis.

Sundar Pichai chegou na Google em 2004 como vice-presidente de gestão de produtos e desempenhou um papel crucial no desenvolvimento de produtos-chave, como o navegador Chrome e o sistema operacional Android. Sua liderança eficaz o levou a se tornar CEO do Google em 2015, quando a empresa foi reestruturada como Alphabet. É formado em Engenharia Metalúrgica pela universidade Indian Institute of Technology Kharagpur.

Fonte Liveming Fool Business Insider

Revista Kabum Digital Banner
Artigos relacionados

Subscreva-se à nossa newsletter. Fique por dentro da tecnologia!

Total
0
Share