fbpx

Marta Uetela chega ao Youth Advisory Group do Banco Mundial

Marta Uetela

A empreendedora moçambicana Marta Uetela, fundadora da startup BioMec, integra desde o início deste mês (Novembro) o Youth Advisory Group do Banco Mundial. 

Youth Advisory Group (YAG) do Banco Mundial é um grupo formado por jovens líderes de todo o mundo que trabalham em colaboração com o Banco Mundial para fornecer insights e perspectivas únicas sobre questões relacionadas ao desenvolvimento global. 

O grupo foi estabelecido para envolver activamente jovens em processos de tomada de decisão, compartilhando suas experiências, ideias e soluções para desafios enfrentados por jovens em todo o mundo.

Para Marta Uetela, em publicação no seu LinkedIn, é mais uma amostra de que os  jovens devem ter uma maior influência nas políticas que os afectam directamente.

Neste processo, Marta Uetela irá fornecer feedback sobre políticas, programas e iniciativas do Banco Mundial, bem como ajudar a moldar a agenda de desenvolvimento global para garantir que as necessidades e aspirações dos jovens sejam consideradas.

“Reconhecendo a importância da voz dos jovens,  o Banco Mundial assegura que todo o trabalho, investigação, produtos de conhecimento e decisões estratégicas incorporam o feedback dos jovens”,

escreve no seu Facebook onde demonstrou a sua felicidade pela conquista.

Marta Uetela é uma das jovens mais proeminentes na tecnologia em Moçambique. É fundadora da startup BioMec, que através de resíduos plásticos que são colectados no mar (redes de pesca à base de nylon), aliado a tecnologia 3D, desenvolve próteses ortopédicas de alta performance.

Leia também:


O objectivo é garantir maior e melhor abrangência a próteses, num país em que 90% da população amputada não tem acesso, quer pelos elevados preços envolvidos, longo tempo de espera e até acesso a este serviço.

É uma das startups que continua firme no mercado moçambicano que é marcado pelo fracasso de várias ideias inovadoras que não chegam a atingir dois ou três anos activos. 

Neste ano, BioMec foi distinguida como a Melhor Ideia Disruptiva no Innovation Awards 2023. Premiação que reconhece a BioMec em termos de qualidade, disrupção, notoriedade, desempenho económico e impacto social na região dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP).

O Innovation Awards é uma iniciativa angolana que destaca anualmente projectos digitais e tecnológicos inovadores com potencial para impulsionar o desenvolvimento económico e social nos PALOP.

Em 2021, Marta foi a Rainha Elizabeth II, enquanto Chefe da Commonwealth, reconheceu Marta Uetela, representando Moçambique, como o 193º Ponto de Luz da Commonwealth em honra do seu excepcional serviço voluntário, desenvolvendo uma prótese feita a partir de plásticos reciclados para beneficiar de forma sustentável as pessoas portadoras de deficiência.

Commonwealth é uma comunidade diversificada de 54 nações que trabalham em conjunto para promover a prosperidade, a democracia e a paz.

Revista Kabum Digital Banner
Artigos relacionados

Subscreva-se à nossa newsletter. Fique por dentro da tecnologia!

Total
0
Share