fbpx

Não use o arroz para secar iPhone, recomenda Apple

Tornou-se uma tradição o uso do arroz para secar um telemóvel em caso deste ter tido contacto com a água, porém, a Apple alertou em Fevereiro, para os utilizadores do  iPhone, para não colocar os seus dispositivos molhados em arroz cru para secá-los.

O uso do arroz para secagem do telemóvel, resulta pela rápida absolvição da água que fica acumulada no telemóvel e ajuda a remover a humidade. Esta tradição funciona através da colocação do smartphone num pote cheio de arroz cru e deixá-lo completamente encoberto por, pelo menos, 24 horas.

Nas novas orientações para a recuperação de telefones que entram em contacto com líquidos, a Apple aconselha os utilizadores a deixá-los secar por conta própria, em vez de colocá-los em arroz cru.

“Não coloque seu iPhone em um saco de arroz”, é através desta frase que a empresa, criada por Steve Jobs, está a informar aos utilizadores sobre o que não fazer quando um aviso de “Líquido detectado” aparecer na tela.

A notificação está presente nas versões iPhone XS, iPhone XS Max, iPhone XR ou posterior, quando estes são ligados a um cabo Lightning ou USB-C.

“Não coloque seu iPhone em um saco de arroz. Isso pode permitir que pequenas partículas de arroz danifiquem seu iPhone”,

diz a empresa.

O site The Guardian, alerta ainda que os testes revelaram que o arroz não é assim tão eficaz no que toca a secar o smartphone. Há anos que os especialistas apontam que essa é uma má ideia.

Quando um alerta de “Líquido detectado” aparecer na tela do telefone, é também alertado para que não tente carregar até que o telefone e o cabo estejam completamente secos.

Outras notícias: 


A Apple explica que caso carregue o iPhone enquanto o conector estiver molhado, isto pode corroer e causar danos permanentes ou parar de funcionar, causando problemas de conectividade no iPhone ou acessório.

No lugar do arroz, o proprietário deve desconectar o telefone do adaptador de energia, bater suavemente com ele na mão, com a porta de carregamento voltada para baixo, para permitir que o excesso de líquido seja retirado e, em seguida, deixar em um local seco e com fluxo de ar.

Deve-se também evitar tentar secá-lo com fonte externa de calor ou ar comprimido. Por exemplo, um secador de cabelo, inserir cotonetes e outros objectos no conector para tentar absorver qualquer líquido.

Um carregador sem fio não causa danos

Após 30 minutos, pode-se reconectar o dispositivo a um adaptador de energia. Um alerta indicará se ainda houver líquido no telefone, com a Apple observando que pode levar até 24 horas para um dispositivo secar completamente.

“Para obter melhores resultados, certifique-se de que a parte de trás do iPhone está seca antes de o colocar no carregador com certificação Qi”,

lê-se no relatório recente da empresa. 

No caso de cumprir com todas as recomendações e ainda assim resistir às notificações, pode se dar o caso do cabo ou acessório estar danificado, e possa ser importante contactar o fabricante ou adquirir um novo acessório.

Fonte The Verge

Artigos relacionados

Subscreva-se à nossa newsletter. Fique por dentro da tecnologia!

Total
0
Share