fbpx

Novo Instagram? dona do TikTok lança rede social para partilha de fotos

Whee
Whee, nova rede social da dona do TikTok

A Byte Dance, criadora da rede social TikTok, está com mais uma proposta para quem vive na internet. Trata-se da rede social Whee que se destina à partilha de fotografias, algo idêntico ao primeiro conceito do Instagram.

A rede social explora a proposta da empresa de através de outras aplicações, aumentar o envolvimento e explorar tendências de utilização mais amplas.  A aplicação apresenta uma interface simples com separadores para a câmara, feed e mensagens, destacando a privacidade com legendas “Made for friends” (Feito para amigos).

Whee, apresenta um feed (espaço de conteúdo) semelhante ao do Instagram, com imagens compartilhadas exclusivamente com amigos.

“Whee é uma nova aplicação social criada para o manter ligado aos seus amigos mais próximos através dos momentos espontâneos da vida”,

segundo a descrição partilhada no site da rede social. 

Com a rede social, a Byte Dance quer criar um novo mundo onde os utilizadores possam partilhar junto dos seus amigos momentos da vida, com a captura e partilha de fotografias da vida real que somente são visíveis para os seus amigos.

Antes do Whee, o TikTok introduziu em abril o Notes, outra aplicação de partilha de fotografias semelhante ao Instagram e à sua anterior aplicação, Lemon8, lançada no ano passado.

A Whee visa a partilha com amigos, enquanto a Notes se destina a um público mais vasto. Notes é descrito como uma plataforma de estilo de vida que oferece conteúdos informativos de foto-texto sobre dicas de viagem, receitas e muito mais, funcionando como uma plataforma de partilha pública de conteúdos visuais.

Um novo Instagram? 

A rede social é vista como semelhante ao Instagram, será uma nova versão? O proprietário do TikTok pretende distinguir a aplicação do seu concorrente, com, por exemplo, a não existência da função dos Stories. 

Outras notícias que pode gostar: 


O objectivo é centrar-se na partilha de fotografias, acessível apenas aos amigos ou a um círculo próximo de contactos.

No momento, a aplicação está disponível para Android e Appstore em apenas 71 países em todo o mundo. Ainda não pode ser descarregada na Europa ou nos EUA, por exemplo.

Um lançamento que pode não ser um sucesso, uma vez que Techcrunch, site de notícias, assume que a aplicação não tem tido muitos downloads e ainda não se anunciou através dos anúncios de pesquisa da Apple.

Até a última semana de Junho, a rede social contava com apenas 13.000 downloads globais no iOS e cerca de 10.000 downloads no Android, de acordo com os dados do Google Play. A rede social está em destaque em países como Malásia, Turquia, a Arábia Saudita, Peru e Indonésia.

O lançamento da aplicação acontece numa altura em que o TikTok está com dias contados nos Estados Unidos de América (EUA) para a sua utilização. 

O presidente Joe Biden assinou oficialmente um projecto de lei revisto que obriga à proibição ou à venda do TikTok para uma empresa americana. O TikTok processou os EUA para impedir a entrada em vigor da lei, ficando incerto o fim da história até então.

Fonte Techcrunch The Star Tribune

Kabum_Digital_-_Revista_banner_para_o_site
Artigos relacionados

Subscreva-se à nossa newsletter. Fique por dentro da tecnologia!

Total
0
Share