fbpx

Spotify testa cursos em vídeo no aplicativo

Spotify

Como forma de ampliar a sua actuação, após o investimento em streaming de música, podcasts e audiolivros, o Spotify está agora a desenvolver uma nova linha de conteúdos: e-learning.

O e-learning, ou aprendizagem electrónica em português, é um curso estruturado ou uma experiência de aprendizagem que é ministrada eletronicamente. Pode ser utilizado tanto para a educação como para o desenvolvimento profissional.

A solução terá início no Reino Unido, o Spotify está a testar as possibilidades de uma oferta educativa online de cursos de vídeo, como é o caso de produção musical, criatividade, negócios e vida saudável.

Os cursos serão produzidos em parceria com terceiros, como a BBC e a Skillshare, com pelo menos duas lições gratuitas, com o custo total do curso a variar entre 20 e 80 libras (1602  e 6409 em Meticais), em média.

Por enquanto, os preços são os mesmos, independentemente de se ser um utilizador básico ou premium.

Segundo Mohit Jitani, director de produtos da área da educação, com sede em Londres, as opções de preços fazem parte do que está a ser testado antes de se considerar a possibilidade de um lançamento mais alargado. 

Com este avanço, a plataforma busca compreender primeiro a procura, depois maneiras de utilizar a solução de modo a tornar mais atraente e excitante.

Os cursos são acessíveis tanto no telemóvel como no computador

Os conteúdos estarão disponíveis tanto na página inicial do Spotify como nos separadores de navegação, na categoria Cursos e podem ser acedidos tanto na versão web como através da aplicação móvel do Spotify.

A introdução desta funcionalidade resulta, segundo Mohit Jitani, Gestor de produtos,  porque as pessoas já procuram o Spotify para estudar através de alguns podcasts, pelo que garante que faz sentido experimentar mais conteúdos educativos.

“Uma das coisas e tendências mais interessantes que começámos a notar foi que cada vez mais pessoas começavam a vir ao Spotify com alguma intenção de aprender”,

afirmou.

Outras notícias:


Em comunicado de imprensa, o Spotify afirma que cerca de metade dos seus subscritores Premium conectarem com podcasts temáticos de educação ou autoajuda.

As aulas poderão contar com material suplementar, embora este seja mais do tipo de documentos extra do que de testes ou outras interações.

O Spotify, segundo Jitani, procura selecionar os cursos que oferece e basear-se-á no que as pessoas já ouvem e procuram na sua plataforma. 

“Vamos aprender muito sobre o que as pessoas estão realmente interessadas e vamos começar a obter muitos segmentos em torno disso. E depois vamos procurar o melhor conteúdo”,

disse Mohit Jitani.

Até aqui, a experiência está a decorrer apenas no Reino Unido e não há garantias de que venha a ter um lançamento mais alargado e permanente para outras regiões.

Fonte Techcrunch The Verge

Artigos relacionados

Subscreva-se à nossa newsletter. Fique por dentro da tecnologia!

Total
0
Share