fbpx

Tesla prepara-se para lançar um supercomputador

Tesla

A fabricante americana de veículos eléctricos Tesla, revelou ao público que está a finalizar o seu ambicioso projecto de lançar um supercomputador designado Dojo.

Projecto Dojo é a ideia da Tesla para construir o seu próprio supercomputador a fim de processar e gerenciar as vastas quantidades de dados gerados por milhões de seus veículos em todo o mundo. Com um custo que pode se aproxima de 1 bilhão de dólares.

De acordo com os especialistas da empresa de investimentos Morgan Stanley, o supercomputador Dojo da Tesla poderá impulsionar um aumento de 500 mil milhões de dólares na capitalização de mercado do fabricante de veículos eléctricos.

Os analistas compararam o potencial do Dojo da Tesla com as “mesmas forças que levaram” a Amazon Web Services a aumentar a sua rentabilidade.

Faustine Ngila, da Quartz, relata que em vez de usar o supercomputador da Nvidia, como outras grandes empresas como Microsoft e Google fazem, a Tesla decidiu investir significativamente na construção de sua própria infraestrutura computacional como um dos “quatro pilares principais de tecnologia”.

Durante a apresentação dos ganhos do segundo trimestre da Tesla, o CEO Elon Musk revelou que sua empresa está disposta a apostar até 1 bilhão de dólares ao longo do próximo ano para concluir o Projecto Dojo. 

Espera-se que este supercomputador desempenhe um papel crucial no aprimoramento do software da crescente frota de veículos autônomos da Tesla, além de lidar eficientemente com a enorme quantidade de dados que geram.

Nos últimos anos, a Tesla consistentemente superou as expectativas, com projecções o que indica que continuarão com uma taxa composta de crescimento acima de 50% para 2023, incluindo impressionantes vendas de 1,8 milhão de veículos. 

O aumento nas vendas de carros e a ampla adopção da tecnologia de direção autônoma exigem sistemas computacionais cada vez mais poderosos, o que se torna mais urgente a cada dia que passa. Os veículos autônomos da Tesla podem gerar até 19 terabytes de dados diariamente por meio de vários sensores e câmeras.

O Projecto Dojo não é um desenvolvimento novo, pois vem sendo discutido há alguns anos. No entanto, parece que a empresa está pronta para fazer um grande esforço final para concluí-lo. 

A previsão é que seja concluído até o final de 2024 e agregará todos os dados de vídeo e sensores da Tesla. Seguindo sua tradição de desenvolver internamente seu hardware e software de veículos, a empresa planea treinar as redes neurais do Dojo utilizando seu extenso conjunto de dados do mundo real.

O Director financeiro da Tesla, Zachary Kirkhorn, esclareceu que os gastos já estavam planejados como parte do plano de despesas de três anos da empresa. O dinheiro para financiar o projecto está a ser dividido entre gastos de capital e pesquisa e desenvolvimento em seu orçamento.

No passado, assim como diversas outras empresas, a Tesla utilizava o supercomputador da Nvidia. Com o término do seu projecto,  espera armazenar dados confidenciais dos motoristas por conta própria o que permitirá que ofereçam uma melhor segurança e, supervisionam totalmente sua própria governança. Em consonância com isso, estão a desenvolver seus próprios chips para alcançar esse objetivo.

O Projecto Dojo representa o compromisso contínuo da Tesla com a inovação e, em particular, com a autoconfiança. Conforme o mercado de veículos continua a evoluir e a condução autônoma se torna cada vez mais predominante, o mais recente investimento da Tesla é uma jogada estratégica para tentar consolidar sua posição como pioneira na indústria automobilística e tornar-se o menos dependente possível de entidades externas.

Fonte CNN Fortune

Revista Kabum Digital Banner
Artigos relacionados

Subscreva-se à nossa newsletter. Fique por dentro da tecnologia!

Total
0
Share