fbpx

Google permitirá localização do telemóvel com sistema Android mesmo desligado

Google
Telemóvel da Google com sistema Android

Aos utilizadores do sistema Android, a Google está a lançar actualização na sua aplicação Find My Device (Encontrar o Meu Dispositivo)que à semelhança do que acontece no da Apple, será possível encontrar os seus dispositivos telemóveis e outros itens perdidos, mesmo que estes estejam desligados e não ligado à Internet.

A actualização chegará primeiro nos Estados Unidos da América e no Canadá, e posteriormente aos utilizadores de Android em outros cantos do mundo. Semelhante ao Find My Device (Encontrar o meu dispositivo) da Apple, a rede funciona com dispositivos com sistema Android 9 e posterior.

A rede de recolha de dados de mais de mil milhões de dispositivos Android do serviço Encontrar o meu dispositivo pode ajudar os utilizadores a encontrar os seus dispositivos Android perdidos e objectos do dia a dia. 

Com a nova actualização da rede de Encontrar o meu dispositivo, os utilizadores poderão localizar os seus telemóveis e tablets Android, mesmo quando estão desligados, tocando-lhes ou vendo a sua localização num mapa, com a implementação crowdsourcing.

Crowdsourcing é um modelo de terceirização aberto e compartilhado, cujo propósito é reunir diferentes pessoas em torno da realização de uma tarefa ou da solução de um problema. O termo é a união de duas palavras inglesas: crowd (multidão) e outsourcing (terceirização).

À esta implementação, caso perca o telemóvel, o proprietário poderá encontrá-lo mesmo que esteja offline, utilizando a ajuda de outros dispositivos Android que transmitem silenciosamente a localização aproximada do seu telefone.

Caso o telemóvel perdido esteja próximo, será possível obter pistas visuais na aplicação Encontrar o meu dispositivo à medida que se aproxima do mesmo.

Segundo Erik Kay, vice-presidente de engenharia da Google, a aplicação é segura por predefinição e privada por concepção. 

“As protecções multi-camadas incorporadas na rede Encontrar o meu dispositivo ajudam a mantê-lo seguro e as suas informações pessoais privadas, ao mesmo tempo que o mantêm no controlo dos dispositivos ligados à rede Encontrar o meu dispositivo”,

escreveu em publicação no blogue da Google.  

Outras notícias: 


A funcionalidade contará com a encriptação de ponta a ponta dos dados de localização, bem como relatórios agregados de localização dos dispositivos, uma funcionalidade de segurança inédita que oferece proteção adicional contra o rastreio indesejado até uma localização doméstica ou privada.

Com início em maio, a rede também será compatível com os novos identificadores Bluetooth da Chipolo e da Pebblebee, para que possa utilizar a rede para localizar a sua carteira ou chaves.

Apresentação do Find My Device no Android

A possibilidade de localizar o telemóvel mesmo desligado será, primeiramente, para os proprietários do Pixel 8 e do Pixel 8 Pro, com a empresa a trabalhar para que funcione também em outras marcas mesmo com a bateria descarregada.

A aplicação Encontrar o meu dispositivo suporta alertas de localizadores indesejados no Android e iOS, pelo que receberá uma notificação se uma etiqueta de localização que não é sua estiver a deslocar-se consigo, mesmo que esteja a utilizar um iPhone.

A Google está a utilizar uma grande variedade de aparelhos para ajudar a tornar a sua rede mais útil. Os auriculares da marca JBL e da Sony também receberão actualizações de software para poderem ser localizados através da rede. 

Caso o objecto perca-se em casa, será possível obter informações sobre a distância ou a proximidade do dispositivo, caso tenha dispositivos Google Nest, linha de produtos inteligentes para a casa.

Fonte Times of India The Verge Techcrunch

Revista Kabum Digital Banner
Artigos relacionados

Subscreva-se à nossa newsletter. Fique por dentro da tecnologia!

Total
0
Share