fbpx

Startup cria robô capaz de tapar buracos na estrada

Robô Autonomo
Imagem ilustrativa do robô que repara estrada

Uma startup britânica designada Robotiz3d criou um robô de nome ARRES que utiliza a Inteligência Artificial para localizar e reparar rachas e buracos nas estradas do Reino Unido.

Através da sua localização no Laboratório de Daresbury do Conselho de Ciência e Tecnologia (STFC), região da cidade de Liverpool, a empresa britânica está a combinar a inteligência artificial (IA) com a robótica avançada para resolver o problema dos buracos nas estradas. 

Em termos de tecnologia, estão tecnologias avançadas de detecção e reparação incorporadas no sistema robótico de IA, que possibilitam que o veículo autónomo possa avaliar e prever a gravidade dos defeitos, tampando-os antes que se agravem.

A implementação da Inteligência Artificial torna possível ainda que a inovação associa dados que vai recolhendo a um algoritmo de previsão único que permitirá às autoridades locais prever com exatidão as condições das estradas, permitindo-lhes dar prioridade à manutenção preventiva das mesmas.

A solução busca resolver a questão dos métodos convencionais e manuais de reparação de buracos exigirem muita mão de obra, envolverem situações de perigo aos trabalhadores e ser dispendioso. Também reduzirá o tempo, as emissões de dióxido de carbono e o desperdício de material associados à reparação de buracos e rachas, melhorando simultaneamente a vida útil e a segurança das nossas estradas.

Segundo o site UKRI, quase 2 milhões de buracos são reparados anualmente nas estradas do Reino Unido, mas com o desgaste das infra-estruturas, o aumento do número de utentes e as condições meteorológicas extremas, a situação só deverá piorar.

Para Directora Executiva e co-fundadora da Robotiz3d, Lisa Layzell, esta é a primeira tecnologia autónoma deste tipo desenvolvida especificamente para “resolver a crise dos buracos que assola muitas zonas do país e que se estima ter custado mais de bilhões de libras para reparar na última década”.

O primeiro ensaio realizado pelo robô fora do laboratório, foi a 6 de março, onde concluiu um teste de reparação de buracos nas estradas de Potters Bar, pequena cidade em Hertfordshire, Inglaterra, a norte do centro de Londres.

Outras notícias:


Para o Conselho do Município de Hertfordshire, o ensaio é um passo positivo rumo à resolução dos problemas dos buracos. 

O ARRES identifica rachas na estrada, buracos ou quaisquer danos no pavimento. Em seguida, preenche automaticamente os danos para evitar a formação ou o agravamento de um buraco. O preenchimento das fissuras e dos buracos impede a infiltração de água, evitando assim a formação de buracos.

A empresa Robotiz3d, que é a primeira empresa do mundo a desenvolver este tipo de tecnologia, diz estar  pronta para comercializá-la com o objectivo de transformar a manutenção de estradas, tornando-a mais rápida, mais segura e mais económica.

Para a criação deste modelo, a Robotiz3d obteve acesso flexível e económico às instalações de fabrico avançadas e ao apoio empresarial dedicado disponível no local que incluiu a oportunidade de criar um laboratório à medida para desenvolver o seu protótipo, incluindo espaço para os testes essenciais do seu veículo autónomo.

Um dos grandes objectivos da startup, é “ajudar a construir uma infraestrutura rodoviária segura e sustentável através de manutenção e reparação inteligentes e automatizadas”, segundo informação no site oficial.

Para além da primeira solução, a empresa está a desenvolver a versão Ultra do robô, que promete ser ainda mais eficaz, com a capacidade de reparar não só rachas superficiais, mas também buracos maiores. 

O ARRES Ultra incluirá fases de preparação do local, enchimento do buraco e compactação do material, garantindo um acabamento suave e duradouro para a estrada.

Fonte UKRI Tomorrows World Today

Revista Kabum Digital Banner
Artigos relacionados

Subscreva-se à nossa newsletter. Fique por dentro da tecnologia!

Total
0
Share